26169373_1681747845225282_5554777428382830999_n.jpg
hqdefault.jpg
hqdefault.jpg
000 logo daniel soares.jpg

 


Quinta-feira, 17 de maio de 2018


Segundo fontes do Diário de Barra Velha, dois deles servem ao batalhão de Balneário
Piçarras e ou outro na cidade de Barra Velha.

 

 

A informação foi confirmada pela comunicação social do 1º batalhão da Polícia Militar
de Itajaí. De acordo com superiores dos militares presos, o caso corre em sigilo, e
portanto, as identidades dos envolvidos não foram reveladas.

 

 

A suspeita é de que os políciais possam ter envolvimento com a prática de crimes, e
portanto, estão afastados de suas funções.

 

 

Um treinamento de prevenção à desastres naturais. Durante os dias 15 e 16 de maio,
as equipes da Defesa Civil de Itajaí participaram de oito ações do simulado
integrado organizado pelo Governo Federal em conjunto com o Exército. Nesta
quarta-feira, houve três ocorrências de deslizamentos, desabamento e vendaval com
vítimas.

 


Na primeira ação do dia, às 9h10, as equipes do Exército com o auxílio da Defesa
Civil e Corpo de Bombeiros foram acionadas para ocorrência na avenida Presidente
Castelo Branco, 1135, no Salseiros. No local, constataram o falecimento de duas
pessoas e prestaram os primeiros socorros a outras três vítimas que foram encaminhadas
para unidade de saúde mais próxima. Na simulação, uma pessoa está desaparecida.

 

 

À tarde, às 14h11, em outra ocorrência na avenida Presidente Castelo Branco, as
equipes constataram duas mortes e prestaram os primeiros socorros a uma vítima,
que foi encaminhada para a unidade de saúde mais próxima. Já às 17h, na rua Aristides
Estevão da Silva, na Ressacada, um vendaval deixou três feridos que acabaram sendo
encaminhados para a unidade de saúde mais próxima.

 

 


O Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) aprovou, na quarta-feira, 16,
em Brasília, a adesão de Santa Catarina ao convênio de isenção de ICMS para micro
e mini geradores de energia elétrica com o limite de até 1 megawatt (MW) de potência
instalada.

 

 

A medida contempla geração de energia de fontes limpas, incluindo solar, hídrica,
eólica e biomassa. O próximo passo é encaminhar o projeto de lei para aprovação na
Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc). “Esta isenção é importante na
busca de matrizes energéticas mais limpas e baratas, fundamentais para o desenvolvimento
econômico do Estado”, conta o secretário de Estado da Fazenda (SEF), Paulo Eli, que
estava presente na reunião do Confaz.